5 Dicas para uma vida Minimalista feliz

Viver uma vida Minimalista

Viver uma vida minimalista é algo que pode estar ao seu alcance e que lhe pode trazer bastantes beneficios.

Poderá pensar que o minimalismo tem uma aparência particular: por exemplo, prateleiras brancas e vazias ou um roupeiro com exactamente, 30 itens.

Mas, um estilo de vida minimalista não se trata de conseguir colocar todos os seus bens materiais numa mochila – trata-se de limpar ou arrumar a desordem da sua vida e ajustar a sua mentalidade, para que possa viver com mais propósito e paz.

“O minimalismo é a promoção intencional das coisas que mais valorizamos e a remoção de qualquer coisa que nos distraia desse objectivo.”

Então, em vez de lhe dizer como criar o roupeiro-cápsula perfeito, vamos analisar os princípios da vida minimalista para que, nos seus próprios termos, experimente a doce liberdade de viver com menos.

1. Faça uma visita à biblioteca local

Reserve o novo espaço das suas prateleiras e poupe dinheiro, visitando a biblioteca local. A biblioteca irá certamente despertar a alegria de qualquer minimalista. Livros, filmes, jornais, revistas, música, videojogos – todos disponíveis para levar e, mais importante, para devolver.

Não se esqueça ainda da incrível seleção de material eletrónicos – pode fazer download de livros digitais, audiolivros, filmes e revistas sem sair do conforto da sua casa recém organizada.

2. Pense, antes de comprar coisas novas

Pode ser difícil abandonar os ciclos intermináveis de fast fashion, mas quantas peças do nosso roupeiro usamos, efectivamente?  Para além disso, as práticas de produção insustentável poluem o ambiente e as condições precárias de trabalho colocam em risco a vida dos trabalhadores, fazendo com que o verdadeiro custo da moda vá além do preço das etiquetas.

Ao fazer compras, pergunte-se “vou vestir isto trinta vezes?” Se sim, vá em frente. Se não, e ficará surpreso com quantidade de vezes que diz que não, aproveite para economizar dinheiro, ser um consumidor consciente e poupar espaço no seu roupeiro.

3. Seja grato pelo que tem

A vida minimalista envolve, principalmente, a busca pelo contentamento e o contentamento começa por sermos gratos pelo que temos. Foque-se na beleza, conveniência e conforto que as suas coisas lhe proporcionam, seja uma pintura ou o café que marca o início da sua rotina matinal. Quando somos gratos pelo que temos, o desejo de consumo desaparece gradualmente.

4. Diga não às embalagens alimentares de plástico descartável

Algo que definitivamente não traz alegria à casa de ninguém é a quantidade de embalagens de plástico descartável dos alimentos que compramos. No lixo, as embalagens podem desaparecer de vista, mas, infelizmente, a maioria não chega a ser reciclada.

Experimente comprar produtos a granel, no supermercado. Pode ainda levar sacos reutilizáveis e abastecer, repetidamente e de forma sustentável. Para além disso, verifique se há lojas com produtos a granel que são cada vez mais comuns e, geralmente, mais baratos que os equivalentes pré-embalados. Se houver um mercado de produtores locais na sua zona visite-o e leve os seus sacos ou cestos de compras.

5. Comece a economizar

Economizar, a dica antiga e aborrecida que não pode escapar à lista de um minimalista. Mas, agora, graças a aplicações e software apelativos é possível controlar melhor os gastos e economizar. Se tem acesso digital ao seu banco, verifique se é possível obter um relatório geral dos seus gastos e garanta que estão alinhados com o seu propósito. 

Um estilo de vida minimalista significa aprender a desapegar-se do que tem. É perfeitamente natural valorizar o seu livro favorito ou sentir apreço pelos jeans que lhe assentam na perfeição, desde que esteja consciente de que são fontes temporárias de felicidade.

As coisas que tem não alimentam a sua felicidade.

Sabe o que é capaz de o fazer?

As experiências e os relacionamentos.

Então, procure uma vida minimalista e saia para vivê-la!

Close
Miss Abacate © Copyright 2021.
Close