Como fazer um galinheiro para criar galinhas

Descubra como fazer um galinheiro e o que deve ter em consideração no seu plano. Criar galinhas no quintal é uma experiência divertida e entusiasmante e uma das coisas que mais gosto de viver no campo. Um dos maiores aspetos a ter em conta quando decidimos criar galinhas é precisamente, o galinheiro. Existem muitas opções de galinheiros por onde escolher. Aqui ficam algumas dicas importantes antes de construir o seu próprio galinheiro.

Os galinheiros podem ser adquiridos online a preços que variam entre os 100€ e os 200€. Se optar por comprar em segunda mão, conseguirá ainda mais barato ( Por exemplo no OLX) .

Para aqueles que são particularmente habilidosos, contruir um galinheiro de raiz pode ser uma opção muito vantajosa economicamente. É também um projeto “faça você mesmo” bastante divertido e sustentável. Dito isto, existem alguns aspetos a ter em conta antes de iniciar o seu projeto de construção.

Projeto e localização do galinheiro

No que respeita ao projeto, existe um número quase infinito de opções para criar um galinheiro no seu quintal.

  • Alguns criadores de galinhas decidem construir estruturas simples para o galinheiro. Outros optam por adquirir estruturas já construídas, como os abrigos de jardim e adaptam-nos para servir de galinheiro. Existe um leque variado de opções para o projeto e configuração do seu próprio galinheiro. Desde que o abrigo contenha uma estrutura sólida e capacidade para ninhos, poleiros e espaço para zonas de alimentação e água, qualquer projeto servirá.
  • A localização do galinheiro no quintal é uma decisão muito importante de forma a manter a higiene do espaço e garantir a proteção das galinhas. O galinheiro deverá ser construído na zona mais alta do seu quintal para evitar inundações e acumulações de humidade. Contruir o galinheiro perto da sua casa ou numa zona de maior movimentação do quintal é uma excelente forma de afastar os predadores indesejáveis, assim como distanciar o galinheiro de áreas de grande folhagem, que costumam ser espaços de abrigo para estes predadores, tornando-o assim num lugar mais seguro.
galinha a sair do galinheiro

Dimensões do galinheiro

Outra consideração muito importante que deverá ter em conta antes de iniciar a construção de um galinheiro é o quão grande precisará de ser o abrigo. Construir um galinheiro que seja espaçoso o suficiente para o número de aves que irão ocupar o espaço é essencial, mas muitas vezes esquecido.

Excesso de aves no galinheiro poderá levar a vários problemas. Por exemplo, um galinheiro cheio tende, normalmente, a originar mais lutas entre as galinhas, o que levará a que as galinhas abaixo da hierarquia tenham mais dificuldade no acesso à comida e água e poderão ainda apresentar marcas de bicadas pelo corpo. Excesso de galinhas no galinheiro leva ainda ao excesso de matéria fecal e bactérias, o que aumenta exponencialmente as probabilidades da entrada de parasitas que colocam a saúde das galinhas em risco.

Material do galinheiro

Um dos pontos a ter em conta antes de construir um galinheiro será o tipo de material a ser usado na estrutura. Embora existam imensas possibilidades de materiais que podem ser usados, umas opções são melhores que outras.

Para uma solução mais económica muitas pessoas recomendam usar contraplacado na construção do galinheiro. Além de ser relativamente barato, o contraplacado é extremamente duradouro. Para além disso, é bastante fácil fazer buracos e janelas no contraplacado, o que permite bastante circulação de ar no galinheiro. Para as paredes de galinheiros abertos a melhor ideia é utilizar malha de arame galvanizada. A cerca tem de ser duradoura e forte o suficiente para que as aves não consigam sair e os predadores não consigam entrar.

Galinhas no jardim

Proteção dos predadores

Uma das considerações mais importantes a ter na construção de um galinheiro é a segurança das galinhas às ameaças dos predadores. As maiores ameaças às galinhas nos quintais em Portugal são as raposas, cães, águias e também cobras. Alguns tipos de cobras gostam de comer pintainhos e são capazes de deslizar entre as paredes e o solo do coberto para ter acesso às aves.

De forma a assegurar que os cães e outros predadores não conseguem entrar pelo lado de fora, é importante construir o galinheiro a alguns centímetros de profundidade, de preferência sobre uma laje de cimento.

Projetar & planear o seu galinheiro

Embora a criação de galinhas já seja por si só um projeto, construir um galinheiro do zero também pode ser um projeto recompensador e divertido.

Felizmente existem muito poucas formas erradas de construir um galinheiro. Assumindo que a estrutura é forte e robusta, que tem ventilação suficiente, que é espaçosa e as galinhas estão protegidas dos predadores, praticamente todos os projetos de galinheiro funcionam, portanto seja criativo!

a construir um galinheiro

A casa das suas galinhas pode ser tão simples ou chique como a sua imaginação e orçamento lhe permitirem. Os princípios básicos serão ditados pelas aves.

  1. Decida o tamanho. Irá precisar de aproximadamente meio metro quadrado para cada galinha. Além disso, vai precisar de um ninho para cada três galinhas. Os ninhos devem ter, sensivelmente, o tamanho de uma caixa de fruta.
    1. Desenhe o galinheiro no papel, com medidas.
    1. Também pode ser uma grande ajuda se marcar o local no solo onde irá erguer o galinheiro, tendo em conta a localização no que respeita à exposição solar (exposição a sul garante mais calor e luz solar); estruturas adjacentes (vai juntar o galinheiro à garagem ou ao celeiro?); e a necessidade de um espaço de circulação livre, vedado ou não. Construa o galinheiro numa zona elevada para evitar acumulações de água e lama!
    1. Não se esqueça de incluir uma porta e chão nos planos. A porta pode ser tão simples como um bocado de contraplacado numa moldura – faça-a com tamanho suficiente para que possa entrar e sair confortavelmente com ovos na mão ou num cesto. Um chão de areia é perfeitamente adequado. No entanto, tal como falámos anteriormente, é preferível que o galinheiro esteja elevado a 15 centímetros do solo, numa base de cimento, se o seu tempo e o seu orçamento o permitirem.
    1. A circulação de ar do galinheiro é mais importante que o isolamento. Planeie aberturas perto do teto para garantir a circulação do ar. (Embora as galinhas gostem de temperaturas moderadas – em torno dos 10ºC – elas irão sobreviver confortavelmente a invernos rigorosos; as penas irão mantê-las quentes o suficiente. Programe ainda a instalação de um par de cavilhas na parte superior do galinheiro; isso irá permitir que as galinhas se empoleirem do chão, à noite.
Galinhas e galo no galinheiro

Contruir o galinheiro

  1. Quando estiver pronto, traga os materiais para o quintal ou então pode recorrer a lojas como a Leroy Merlin que disponibilizam de serviço de corte e onde o podem ajudar a definir a quantidade de material, ferramentas e/ou equipamento que irá precisar. Planeie enquadrar o seu abrigo em madeira de 5x10cm e use placas de madeira contraplacada para as paredes. Para o teto poderá usar placas de madeira contraplacada cobertas com telhas ou simplesmente folha galvanizada de metal.
  2.  Um espaço aberto com cerca de 2 metros irá fazer uma quantidade pequena de galinhas – entre 6 a 8 – bastante felizes. Se tiver espaço disponível pode aumentar esta área. Se existirem predadores na sua zona, isole a área enterrando uma cerca de metal a 15cm de profundidade à volta do galinheiro. Isso irá impedir que animais escavadores, como as raposas, os cães e os furões, consigam entrar. Tape também qualquer buraco que possa existir nas paredes do galinheiro.
  3. Também vai precisar de colocar acessórios no galinheiro, mesmo que sejam feitos de forma rudimentar: os dispensadores de água disponíveis em lojas de animais, evitam que as galinhas sujem o bebedouro. Certifique-se também que a manjedoura é grande o suficiente para que todas as galinhas se alimentem de uma só vez (ou compre duas pequenas). É importante que tenha aparas de madeira, ou palha suficiente para colocar uma camada com cerca de 10cm no chão. Coloque também uma mão cheia de palha em cada ninho e as suas galinhas terão o lar perfeito. Troque a palha uma vez por mês ou sempre que aparentar estar espalmada.

Lembre-se, um galinheiro não precisa de ser complexo. O nosso primeiro projeto era um pequeno abrigo feito de madeira reciclada. A zona de ar livre foi protegida por tela de arame e construída na lateral da nossa casa. Não era bonito, mas era funcional. Fazer o seu próprio galinheiro é ainda uma boa forma de ajudar a reduzir a sua pegada de carbono.

Para finalizar partilhamos algumas ideias de diferentes projetos de construção de Galinheiro para se poder inspirar.

Inspiração:

Close
Miss Abacate © Copyright 2021.
Close