6 formas de reduzir a sua pegada de carbono

Reduza a sua pegada de carbono

A sua pegada de carbono tem um impacto real no nosso planeta. Com as alterações climáticas a afetar pessoas por todo o mundo, deve começar a ponderar sobre como pode reduzir a sua pegada de carbono – ou seja, a quantidade de dióxido de carbono que emite através de todos os seus consumos. Os cientistas dizem que reduzir a nossa pegada de carbono pode literalmente salvar vidas, mas qual é de facto a melhor forma para o fazer, num mundo onde precisa de se deslocar para todo o lado, alimentar-se e vestir roupa? Leia o artigo abaixo para descobrir seis formas inovadoras de reduzir a sua pegada de carbono diariamente.

1. Compre localmente e dentro da época

Se a sua comida não necessitar de um transporte muito longo para chegar até si, então não estará a consumir tanto combustível como qualquer outra comida proveniente do outro lado do mundo. Quando possível, opte por visitar mercados locais de agricultores, e planeie as suas refeições com os alimentos que encontrar. Alimentos locais e da época têm um sabor melhor e uma pegada de carbono menor do que alimentos fora de época que tenham tido a necessidade de voar de outra parte do mundo para chegar até à sua mercearia ou supermercado.

Uma forma de garantir alimentos mais saborosos é cultivá-los você mesmo. Desta forma, pode conservá-los para serem consumidos fora de época. No entanto, isto vai para além da comida. É tão fácil de comprar online num site que oferece entregas grátis e rápidas, mas não pode simplesmente obter os mesmos artigos localmente enquanto trata de alguns recados? Pode acabar por poupar alguns cêntimos ao comprar online, mas considere como o transporte – e o embalamento extra – podem impactar o ambiente.

pegada de carbono mercado local

2. Volte a andar de bicicleta

De cada vez que liga o seu carro, está a emitir carbono para atmosfera. Pense nas suas rotinas diárias. Pode caminhar para ir beber café? Existe uma rota de transportes públicos que o pode levar facilmente a um compromisso? Talvez esteja na altura de tirar o pó à sua bicicleta e capacete e utilizá-la no seu trajeto diário. Comprometa-se a não utilizar o seu carro para realizar qualquer tarefa que esteja a menos de 1 quilómetro de alcance. Para além de aproveitar os benefícios da realização de atividade física, pode também reduzir em grande quantidade a sua pegada de carbono.

3. Considere o que coloca no seu prato a cada refeição

Como mencionado acima, comprar localmente é essencial. No entanto, não precisa de parar por aí. Reduza o seu consumo de carne. A carne é uma das maiores causas da emissão de carbono. Tente selecionar um dia por semana no qual não ingere carne ou desafie-se a tentar o máximo de receitas vegetarianas que conseguir em apenas um mês. Quando tiver sobras de comida, use-as para fazer o seu almoço, reutilize-as ou congele-as para as reutilizar noutra altura, evitando assim estragar qualquer comida em boas condições. Pense em adquirir produtos em grandes quantidades, dividi-los em pequenas porções e armazená-los em recipientes reutilizáveis, de forma a reduzir as idas ao supermercado.

pegada de carbono comer menos carne

4. Dê uma boa vista de olhos no seu armário

Moda rápida – roupas na moda produzidas de forma baratíssima em fábricas no estrangeiro – é uma enorme fonte de poluição e gera uma pegada de carbono gigante. Faça o possível para evitá-la. Mais vale investir em peças de roupa clássicas bem confecionadas que lhe irão servir durante vários anos. Mesmo que não saiba coser, aprender a fazer pequenos arranjos nas suas peças favoritas de roupa, pode poupar-lhe dinheiro e criar um impacto positivo no ambiente.

Quando quiser algo novo, considere lojas em segunda mão. Junte-se com amigos e organize um evento de troca de roupas ou procure por um nas redes sociais. Isto ajuda especialmente crianças que a cada mês parecem ficar sem roupa que lhes sirva.

5. Pense sobre como se vê livre de alguns artigos

A decomposição da sua comida num aterro sanitário pode emitir grandes quantidades de gases com efeito de estufa. Se essa mesma comida for decomposta, não só evita o aterro sanitário, como também se decompõe de uma forma que não emite tantos gases e pode ser utilizada novamente para a produção de novos alimentos. Reciclar pode também reduzir e muito as emissões de carbono, particularmente ao reciclar artigos de plástico. Gorduras e óleos de cozinha podem ser reciclados e transformados em biocombustíveis mais “verdes”. Se ainda não começou a reciclar ou a realizar compostagem, aqui tem mais uma razão para o fazer.

fazer composto

6. Reduza o seu consumo de energia

No aquecimento, arrefecimento e funcionamento da sua casa poderá estar a aumentar a sua pegada de carbono, portanto esteja atento a novas formas para reduzir o seu consumo de energia e poupar algum dinheiro. Obtenha uma avaliação energética para analisar onde é que a sua casa está a perder calor ou deixar entrar o frio, especialmente se viver numa casa mais antiga. Experimente utilizar bloqueadores de correntes de ar para manter a sua casa quente no inverno. Troque as suas lâmpadas elétricas incandescentes por LEDs, e esteja atento para não deixar luzes acesas em divisões da casa que não está a utilizar. Pode até transformar isto num jogo com os seus filhos, ao recompensar quem fizer o melhor trabalho a reduzir o consumo de energia lá em casa.

Reduza o seu impacto no ambiente

Espero que estas dicas simples e práticas para reduzir a sua pegada de carbono ajudem a fazer alterações que ajudem a preservar o nosso planeta e a viver uma vida mais sustentável.

Fechar
Miss Abacate © Copyright 2021.
Fechar