Dicas e Cuidados a ter com Suculentas

Que cuidados devo ter com as Suculentas?

As suculentas são plantas muito populares e precisam de certos cuidados. Não só têm formas e cores lindas como também são tolerantes à seca. No entanto, nem todos os locais são ideais para o cultivo de suculentas. Estas dicas vão ajudá-lo a manter as suas suculentas vivas independentemente do local onde mora!

Está aqui porque adora suculentas, mas não tem a certeza se as pode cultivar no local onde vive.

Compreendo perfeitamente! E tenho boas notícias…

Qualquer pessoa pode cultivar suculentas, não importa onde mora, e eu vou dar-lhe as bases necessárias para fazer isso!

Há muitas pessoas que querem cultivar suculentas, mas não têm as condições perfeitas para as mesmas. Na verdade, eu também faço parte desse grupo de pessoas uma vez que Portugal não tem o clima perfeito para a maioria das Suculentas!

Para alguns, o cultivo de suculentas não tem qualquer dificuldade. Para outros, é uma luta diária. Qualquer que seja a situação, este guia ensinará os componentes essenciais ao sucesso do cultivo de suculentas em circunstâncias menos ideais.

Algumas pessoas dizem que as suculentas são difíceis de matar – mas isso deixa-me constrangida. Tal como qualquer planta, é necessário saber como cuidar das suculentas para as manter vivas.

As boas notícias são que, comparado com a maior parte dos outros tipos de plantas, as suculentas são geralmente bastante resistentes e fáceis de manter vivas. O que acontece é que em algumas partes do mundo (ou da sua casa) é necessário usar alguns truques especiais para ter a certeza que prosperam.

Neste artigo vou mostrar exatamente o que precisa de fazer para ajudar as suas suculentas a estar no seu melhor, do modo mais fácil possível.

Parece-lhe bem? Vamos começar!

cuidados suculentas

Cuidados com Suculentas: Escolher as plantas certas

Algo que eu já aprendi (com a morte trágica de muitos tipos de suculentas) é que algumas suculentas crescem melhor dentro de casa enquanto que outras se dão melhor lá fora no alpendre. A maioria das suculentas não sobreviverá ao inverno no exterior em locais com neve.

Mas nem todas as suculentas se dão muito bem dentro de casa. Como eu não tenho muita luz natural, muitas das minhas plantas têm dificuldades no interior.

Se está a cultivar plantas no exterior é aconselhado investigar quanta luz solar elas necessitam. Apesar dos rótulos de muitas suculentas dizerem “sol direto”, estas podem não tolerar temperaturas de 35ºC com luz solar direta todo o dia (embora algumas sim).  

E mesmo que possam tolerar a exposição total de sol, normalmente é necessário um período de habituação se foram compradas num horto onde eram mantidas em estufa.

Também é necessário estar ciente da tolerância que as suas suculentas têm à geada. Para aqueles que lidam com invernos frios, as Sempervivum e Sedum são as melhores suculentas para manter no exterior. Conseguir fazer arranjos em vazos para o meu alpendre, que sobrevivem todo o ano e estão sempre bonitos, é algo que eu adoro!

Caso esteja a cultivar suculentas no exterior e (como eu) não tem muita luz natural em casa, aconselho procurar plantas que toleram pouca luz. A maioria das Haworthias dão-se bem com pouca luz.

Detalhes das minhas suculentas e cuidados a ter com elas

Outras que se estão a tornar, gradualmente, as minhas favoritas são as Sansevierias. Não precisam de quase nenhuma luz ou água.

Infelizmente, são de evitar caso não tenha mesmo pouca luz. Têm tendência a esticarem-se à medida que procuram mais luz.

No geral, as suculentas mais coloridas, como a Sedum nussbaumerianum, precisam de bastante luz para que mantenham a sua cor. Suculentas que são naturalmente verdes costumam ser mais felizes no interior.

Se costuma regar em excesso, tente encontrar suculentas que toleram demasiada água, ou que precisem de mais água. Como a Portulacaria afra, descobri recentemente, que precisa de ser regada com mais regularidade. A Crassula arborescens e a undulatifolia são outras duas plantas que também precisam de mais água.

Por outro lado, as suculentas mais inchadas como a Graptoveria ‘Fred Ives’, Pachyveria glaucaAloe brevifolia conseguem aguentar mais tempo sem precisarem de água. Também vai perceber que os cactos, como Mammillaria rhodantha e Mammillaria gracilis fragilis, são bastante tolerantes a longos períodos de seca.

A seleção das plantas pode ser um fator crucial ao sucesso do seu jardim de suculentas.

especie de suculenta

Cuidados com Suculentas

Ajustar a composição do substrato

Várias pessoas perguntam-se como cultivar suculentas num ambiente húmido – ou num extremamente seco. Em ambos os casos, o sucesso vai depender da escolha do substrato correto.

Em zonas húmidas, o solo desempenha o papel principal na prevenção do apodrecimento. Por outro lado, em ambientes secos, o solo adequado ajuda a evitar que as suculentas sequem demasiado rápido.

Se tem tendência a regar em excesso, ou se simplesmente vive num ambiente húmido, recomendo vivamente plantar em apenas um material: pedra-pomes.

Este é um produto universalmente disponível que retém alguma água mas também seca rapidamente. Conheço vários cultivadores de suculentas que plantam exclusivamente em pedra-pomes e têm bastante sucesso.

Embora uma secagem demasiado rápida não seja o pior dos problemas, ninguém quer regar suculentas todos os dias, certo? Uma das melhores características que as suculentas têm é a sua tolerância à seca, mas continuam a precisar de água para sobreviver.

Uma opção excelente para climas secos e quentes, ou se reparar que o solo seca demasiado rápido, é fibra de coco. Este substrato retém bastante água, mas também tem uma boa drenagem, por isso não fica encharcado como o típico solo à base de turfa.

cuidados suculentas no jardim

Escolher um bom vaso

O material do vaso também pode desempenhar um papel fundamental na sobrevivência das plantas e nos cuidados a ter com as suas suculentas. A terracota é uma boa escolha para iniciantes, uma vez que é bastante porosa e permite mais fluxo de ar nas raízes. Tal significa que o substrato vai secar mais rapidamente.

No entanto, se mora num ambiente muito quente e seco, a terracota pode não ser a melhor escolha. A cerâmica geralmente é uma boa opção para a maioria dos climas.

Eu recomendo vivamente que use um recipiente com orifício de drenagem. Tal tornará a sua vida muito mais fácil, especialmente se é um iniciante às suculentas. Se já tem experiência pode criar terrários com Suculentas.

À medida que se torna mais confiante no cultivo de suculentas tente plantá-las em algo sem drenagem, como uma taça de vidro. Existem opções infinitas de recipientes onde pode plantar as suas suculentas, mas comece por algo básico até se sentir à vontade com o seu cultivo e apenas depois explore recipientes mais exóticos.

Aceite a morte e suculentas menos perfeitas

Eventualmente, terá de aceitar que pode não ter sucesso com todas as suculentas que plantar. As plantas morrem, e isso é apenas uma parte do processo de aprendizagem. Tente aprender algo com cada planta morta, para que possa cuidar da próxima de uma forma ainda melhor!

Eu sei que o dinheiro por vezes pode ser uma preocupação, mas felizmente as suculentas propagam-se facilmente e por isso pode trocar com um amigo/a recortes ou folhas, de forma a contruir a sua coleção. Também pode pedir ao seu parceiro suculentas em vez de um ramo de flores, para ajudar a construir a sua coleção.

cuidados suculentas a ter em casa

Cuidado com Suculentas : Experimente!

Se retirar apenas uma coisa deste artigo, que seja o seguinte: É sempre bom experimentar! Na verdade, muita da informação que partilho no meu site é baseada nas minhas próprias experiências.

Começo por fazer alguma pesquisa de base, depois testo as ideias através das minhas próprias experiências. Existe sempre algum tipo de experiência a decorrer com as minhas plantas e eu estou constantemente a aprender mais.

Eu percebo que as suculentas podem ser caras (dependendo da zona onde mora) mas se estiver disposto a ser corajoso/a e realizar experiências terá muito mais sucesso no cultivo das suas suculentas.

Embora todas as suculentas tenham as mesmas necessidades básicas, cada casa e ambiente de cultivo tem as suas diferenças. Fatores como luz natural, vasos e substrato, e outras variáveis ambientais, têm um peso na saúde da sua suculenta – por isso siga as orientações básicas de cultivo de suculentas e ajuste-as ao local onde mora.

O que resulta para mim aqui em Barcelos, não vai resultar necessariamente para alguém no Algarve. Esteja sempre pronto a ajustar as regras de forma a que funcionem para si.

Espero que este artigo lhe tenha dado algumas boas ideias sobre como adaptar os cuidados básicos das suculentas ao seu próprio ambiente de cultivo. Eu acredito que qualquer pessoa consegue manter suculentas vivas, independentemente do sítio onde residem.

Mas para fazer isso, é importante ter as plantas, solo e vasos corretos – e estar disposto/a a realizar algumas experiências para descobrir o que resulta com as suas plantas e os cuidados necessários com as suculentas.

Close
Miss Abacate © Copyright 2021.
Close