Como fazer corantes naturais com materiais caseiros

Fazer corantes naturais com materias que tem em casa é algo que além de ser divertido, é ainda uma forma de reduzir o desperdicio.

Quer a sua motivação seja a de se conectar à história da sua família, tirando restos de comida do lixo orgânico ou simplesmente por precisar de um espaço criativo, poderá ficar surpreendido com a facilidade com que começa a tingir roupas usando restos que já tem em casa.

Primeiro, reúna as suas fontes de corantes naturais:

É provável que já existam muitos potenciais corantes naturais à volta da sua cozinha. Alguns dos melhores materiais, para começar, incluem:

  • cascas de romã (para tons amarelos)
  • cascas de cebola vermelha (para tons de castanho-avermelhado/rosado)
  • cascas de cebola amarela (para tons de castanho amarelado)
  • alecrim (para tons de verde-amarelado)
  • caroços e peles de abacate (para uma gama de tons rosa)
  • chás preto e chá de rooibos (para uma gama de cores que variará em função  do tipo de chá) 
  • vinho tinto (para tons vermelhos e púrpura)
  • Nozes (tonalidades fortes de castanho-terra)
  • Couve roxa, feijão preto, curcuma e pontas de cenoura são também excelentes pontos de partida para iniciar o seu projeto.
fazer corantes naturais

De seguida, decida o que quer tingir

Com o espírito de fazer o que é melhor para a Mãe Natureza, comece com coisas que já tem em casa ou com roupa em segunda mão. Mas repare que nem todos os materiais, aos quais desejamos dar uma 2ª vida, têm igual potencial quando se trata de servir de tela para os corantes naturais:

Enquanto os têxteis à base de plantas (ou celulósicos) funcionam, os materiais à base de animais como a lã e a seda permitem a cor mais vibrante.

As fibras proteicas ou animais têm uma estrutura diferente que lhes permite receber mais corante natural do que as fibras vegetais ou celulósicas. É por isso que elas parecem absorver mais cor, por isso recomendo sempre que experimente primeiro as fibras proteicas para ver as incríveis possibilidades de cor que os corantes naturais têm para oferecer.

É claro que as roupas antigas não são a única coisa que pode ser tingida em casa, por isso, pode usar a sua imaginação.

Quer esteja a tingir uma peça de vestuário completa, um rolo de tecido ou uma meada de fio, as fibras sintéticas devem ser evitadas porque os corantes naturais raramente aderem a elas.

fazer corantes naturais em casa

Prepare o seu tecido ou fio:

Se estiver a experimentar corantes naturais, acima de tudo, por diversão, pode saltar diretamente para o processo de tingimento. Mas se estiver interessado em criar a cor mais duradoura possível, é sensato começar por preparar o tecido ou fio que pretende tingir.
Mergulhe as suas fibras num banho quente com espuma e água e esfregue-as, porque podem ter óleo ou matéria vegetal que irá afetar a cor se não for removida.

A partir daí, pode mergulhar as suas fibras num banho com um sal não tóxico chamado alume (disponível em qualquer loja de artesanato ou de arte) durante algumas horas ou até um dia inteiro. Ao fazer isto, ajuda a definir a cor e a ligá-la insoluvelmente ao tecido.

Agora está pronto/a para começar a fazer o corante propriamente dito.

Faça e utilize o seu corante natural:

A maioria dos profissionais recomenda a utilização de uma panela de alumínio para submergir quaisquer restos que esteja a utilizar como corantes debaixo de água. 

Aqueça a sua panela no fogão com a tampa colocada durante pelo menos uma hora, em lume brando, para libertar a cor da planta sem cozinhar em demasia.
Adicione mais água à medida que começa a evaporar, e verifique continuamente a cor do líquido enquanto aquece até atingir a saturação desejada.
Pode brincar com a quantidade de diluição da água, neste ponto, como método para fazer corantes mais ou menos pigmentados.

Assim que o corante tiver atingido o nível de saturação desejado, deixe-o arrefecer e depois estique a matéria vegetal, fora da água utilizando um pano de queijaria. A partir daqui, recomendamos o reaquecimento do corante por mais uma hora, deixando-o depois no tacho para descansar durante um dia antes de o utilizar.

Uma vez preparados, o seu corante e a fibra,  deve submergir a sua fibra no corante e aquecê-la em lume muito baixo até atingir a cor desejada. Depois de terminar de tingir, pendure as suas fibras ou tecido para secar ao ar, longe da luz direta do sol.

como fazer corante natural em casa

Cuidados a ter com as suas peças naturalmente tingidas

A forma como se lavam as peças pode ter um impacto tão grande na sua intensidade como o próprio processo de tingimento.

O cuidado com a roupa tingida é naturalmente importante se se pretende preservar a cor durante o máximo de tempo possível. Estes são conhecimentos que perdemos ao longo de décadas após uma prioritização da conveniência em relação aos cuidados e consideração no que diz respeito ao vestuário.

Lavar com água fria, detergente natural e detergente em pó pré-dissolvente é inteligente. Lavar com cores semelhantes, virar as peças de roupa do avesso e evitar secadores de roupa são também boas dicas.

Em última análise, não existe um método perfeito para trabalhar com corantes naturais.

Mas esse espaço para a individualidade e a experimentação faz parte da diversão. E como vai começar com coisas que já tem em casa, não tem muito a perder.

Espero que se divirta com este projeto de corantes naturais caseiros . Desde que moramos no campo que temos utilizado este método nos nossos tempos livres e para fazer frente a alguns dos problemas ambientais atuais.

tingir roupa em casa com produtos naturais
Fechar
Miss Abacate © Copyright 2021.
Fechar